Criar um anúncio no Facebook – guia completo para newbbies

As vantagens de anunciar no Facebook são imensas. Do baixo custo relativamente a formatos tradicionais, da opção de pagar apenas por resultados à forte capacidade de segmentação. Mas para quem está a começar, descobrir como fazer o primeiro anúncio pode parecer um quebra cabeças. Neste artigo explico-te passo a passo como criar um anúncio no Facebook, neste guia simples e prático para iniciantes.

Aceder ao Gestor de Negócios

Existem duas formas de publicitar no Facebook: promover uma publicação e fazer um anúncio. São processos distintos e neste guia vamos abordar especificamente como fazer um anúncio, já que é o processo com configurações mais avançadas e que permite maior liberdade de personalização. 

Para começares a criar a tua primeira campanha terás de aceder ao Gestor de Negócios. Podes pesquisar no Google ou aceder através do link direto https://business.facebook.com/. Para ter uma conta no Gestor de Negócios precisas de ter uma conta de perfil de Facebook. São esses dados do perfil, e-mail e palavra-passe, que usarás para iniciar sessão no Gestor de Negócios. Para entrar no Gestor de Negócios segue os seguintes passos:

1. Aceder a  https://business.facebook.com/

2. Clicar em “Criar conta” 

3. Ser-te-à pedido que inicies sessão no Facebook para continuar. Inicia sessão fornecendo o e-mail e a palavra-passe do teu perfil de Facebook.

4. Insere as informações do teu negócio. Algumas das informações solicitadas são:  nome da  conta e empresa, nome, e-mail comercial e outros detalhes. No final de preencher a informação da empresa, clica no botão azul “Enviar”.

Entrarás automaticamente no teu Gestor de Negócios. A tua conta está criada e a partir de agora sempre que quiser aceder a ela basta utilizar o link https://business.facebook.com/. No Gestor de Negócios, na barra superior encontrarás diversas opções úteis para gerir o teu negócio. Para começar a criar o teu primeiro anúncio deves pesquisar por “Gestor de Anúncios”. Tipicamente, aparece logo nos atalhos como ilustra a imagem seguinte.

Clica em “Gestor de Anúncios” e depois no botão verde “Criar”. A criação da campanha está dividida em quatro etapas: objetivos, segmentação e orçamentação, caraterísticas da campanha, e anúncio. 

Objetivos da campanha: qual é o seu objetivo de marketing?

Existem vários tipos de objetivos que podes ter com o teu anúncio de Facebook. Eles são agrupados em três categorias: divulgação, consideração e conversão. Não te posso dizer que objetivo escolher, porque ele depende, de facto, dos teus objetivos com o teu negócio: queres obter contactos? Queres conduzir pessoas até ao teu website? Dependendo de qual queres que seja a ação do público, escolherás o objetivo da campanha de acordo com isso. Os objetivos mais frequentes ou mais recomendados tendem a ser objetivos de tráfego, geração de leads e conversões. Mas esta receita não é unânime e homogénea: deves avaliar as necessidades do teu negócio.

Segmentação

O próximo passo é a segmentação, ou seja, escolher quem é o público da nossa campanha. O Facebook oferece vários critérios de segmentação, nomeadamente:
  • Localizações
  • Idade
  • Género
  • Definições detalhadas (interesses, comportamentos e dados demográficos)
  • Idiomas
  • Ligações

Do lado direito encontrarás um gráfico que o ajudará a perceber a adequação do tamanho do  público: o objetivo é que o ponteiro esteja sempre na zona verde, mais perto do “Específico” do que do “Alargado”. Lembra-te que ao ser demasiado abrangente nas definições do público, para um orçamento baixo, acabarás por perder dinheiro e não impactar ninguém. É melhor ser específico e tentar chegar às pessoas que tenham mais predisposição para gostar do teu negócio e querer efetuar a ação desejada (seja seguir a página, comprar o produto ou outro). Faz uso dos critérios de segmentação listados anteriormente e, na parte das definições do público-alvo detalhadas, experimenta adicionar os mais diversos interesses relacionados com o teu negócio. Podes segmentar inclusive por pessoas que fazem anos em breve e este tipo de segmentação pode ser muito poderosa. 
 

Orçamento e Horário

Nesta secção, a primeira coisa a definir é a “Otimização da publicação do anúncio” e aqui são apresentadas 4 opções:
  • Visualizações da página inicial
  • Cliques na ligação
  • Alcance Diário
  • Impressões
A escolha dependerá do teu objetivo e o Facebook fornece uma explicação acerca do que implica cada uma destas opções. No entanto, eu sou da opinião (influenciada pela opinião de  especialistas em marketing digital), que cliques na ligação parece ser a opção mais segura, para obter retorno sobre o investimento. 
 
A opção “controlo de custos” permite definir um custo médio por clique na ligação. A não ser que sejas especialista e já tenhas feito vários anúncios no Facebook, recomendo que não alteres esta opção. 
 
Poderás definir um orçamento diário ou um orçamento para toda a duração da campanha. Ao escolher um orçamento para toda a duração da campanha é te possível definir uma data de início e uma data de fim da campanha. Como podes entender, estas são das configurações mais importantes e deves configurá-las atentamente, de acordo com o teu orçamento. Numa primeira fase, o mais inteligente é começar com pouco investimento e ir aumentando à medida que percebes o que funciona e o que não funciona. 
Se clicares em “Mostrar mais opções” é te apresentada uma opção muito importante: a escolha de quando é efetuado o débito. Basicamente, o Facebook permite-te escolher quando pagarás pelo teu anúncio. Tens a opção de pagar por Impressões ou de pagar por Clique na Ligação (CPC, Cost Per Click). Pagar por clique na ligação implica estar a pagar apenas quando o teu público faz uma ação, o que tende a ser mais seguro e mais rentável mas, mais uma vez, depende dos teus objetivos. 

Anúncio

Chegamos à parte de configurar o anúncio. Na “Identidade” deverás certificar-te de que a página de Facebook e a página de Instagram do teu negócio estão corretas. No caso de teres mais do que uma página associada ao seu Gestor de Negócios, agora é o momento de escolher a página certa.
 
No “Formato” é te possível escolher fazer um anúncio com uma imagem única, com vídeo, com um carrossel de imagens ou com uma coleção. Podes adicionar um título, uma descrição e um URL do site. É ainda possível visualizar como ficará o  anúncio nos diversos locais de publicação, antes de publicar. 
 
Relativamente à escolha das imagens para os  anúncios, é aconselhável que estas tenham menos de 20% de texto, podendo testar as imagens em https://www.facebook.com/ads/tools/text_overlay . O tamanho da imagem para anúncio deve estar em 1080×1080, na porporção 1:1. O Facebook oferece uma biblioteca gratuita de onde é possível escolher imagens e vídeos para criar anúncios rápidos. Pode ser uma boa opção para iniciantes e para testar o desempenho, mas aconselha-se que com a prática vás utilizando as suas próprias imagens.
 
Por fim, só terás de concluir a campanha e escolher o método de pagamento. Existem várias opções disponíveis, sendo que usar MbWay para criação de cartões de crédito ou usar o PayPal são os métodos mais práticos e seguros.
 
Aprendes-te alguma coisa com este artigo? Se sim, considera partilhar com alguém que precisa desta informação.

Partilha este artigo:

© COPYRIGHT 2020. ELIANA OLIVEIRA. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.